PISTOLAGEM: HOMEM É ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE TAUÁ ~ Blog do Lenno Barbosa Parambu

PISTOLAGEM: HOMEM É ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE TAUÁ


Um crime com características de pistolagem foi praticado no início da tarde desta quarta-feira (05) na localidade de Pedra Branca, no Distrito do Tricy, na zona rural de Tauá.
Morte na zona rural de Tauá
O fato aconteceu por volta das 13h e teve como vítima o agricultor Álvaro Loiola Neto, casado, 52 anos, natural de Tauá, filho de Solismar Alves Loiola (já falecido) e Maria Lourdes Loiola, residente no citado local.
Segundo as primeiras informações, no início da tarde, moradores da comunidade foram surpreendidos com estampidos de arma de fogo, dando a conotação de que ali estava acontecendo um crime.
Imediatamente algumas pessoas se dirigiram ao local, e se depararam com o corpo da vítima já sem vida, e crivado de balas. A Polícia foi acionada, mas só chegou ao local depois de aproximadamente uma hora após a prática do crime, pois o local é de difícil acesso.
As primeiras informações são de que a vítima trafegava por uma estrada vicinal em uma motocicleta Bros tangendo o gado para o bebedouro, quando foi surpreendida por dois indivíduos que saíram de um cercado e o alvejaram. Ao receber o primeiro disparo, o condutor da moto abandonou o veículo e tentou fugir a pé, mas acabou tropeçando e caindo, momento em que os matadores se aproximaram e efetuaram vários disparos no corpo do agricultor que não teve nenhuma chance de esboçar qualquer tipo de reação. Depois da execução os pistoleiros fugiram do local sem ser identificados.
“Não resta a menor dúvida de que o Álvaro foi vítima de uma tocaia, pois por traz da cerca que era usada como esconderijo pelos matadores havia uma garrava térmica e restos de alimentação, o que demonstra que os pistoleiros há algum tempo estavam esperando passagem do meu irmão, que costumeiramente fazia aquele trajeto com o objetivo de dar de beber o gado”, disse a reportagem, Lair Gomes Loiola, irmão da vítima.
O irmão da vítima disse também que ultimamente Álvaro pedra Branca, como era mais conhecido, vinha sofrendo ameaças, mas não citou nomes, ou motivo pelo qual o mesmo estava sendo ameaçado.
Familiares do agricultor acreditam que o crime tenha sido motivado por vingança, pois a vítima já tinha passagem pela Polícia, e no passado chegou a ser preso pela prática de crime de homicídio.
A Perícia Forense esteve no local, e depois de periciado o corpo da vítima foi conduzido em uma viatura do pró-Cidadania para o necrotério do Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima, e encaminhado ao IML de Quixeramobim.
O Agente Cícero da Base do Pró-cidadania de Tauá informou que o IML baixou uma norma e a partir de agora só faz autópsia até às 17h. O corpo pernoitará no Instituto de Medicina Legal e somente na manhã desta quinta-feira, 05, será periciado.

Pai e filho executados em Crateús
Os corpos de dois homens, pai e filho, foram encontrados na tarde desta quarta-feira, 05, na estrada que dá acessp a localidade de Grota Verde, zona rural do município de Crateús.
José Edson Nunes Barbosa, 41 anos residente em Crateús e seu filho Antonio José Ferreira Bezerra, vulgo Negueba, 17 anos, foram executados a tiros e provavelmente desovados no local.
Segundo a Polícia, um carro de cor vermelha e uma moto foram vistos nas proximidades onde os corpos foram encontrados.
Negueba e seu pai já tinham passagens na Polícia pela prática de assaltos na região de Crateús e foram executados com tiros na cabeça.
A Polícia não tem pistas dos elementos.

Repórteres: Wilrismar Holanda/Lindon Jonhson/Tony Sales



Postar um comentário