Deputada Aderlânia quer mais divulgação nos casos de violência contra mulheres e crianças ~ Blog do Lenno Barbosa Parambu

Deputada Aderlânia quer mais divulgação nos casos de violência contra mulheres e crianças



Por ser mãe, mulher e ocupar o cargo de deputada estadual na Assembleia Legislativa do Ceará, Aderlânia Noronha tem recebido diariamente em seu gabinete, sérias denúncias de casos de violência envolvendo crianças e mulheres em vários municípios cearenses. O último caso de grande repercussão foi o da menina Débora Lohany de Oliveira, que estava desaparecida desde o dia 29 de março de 2017. “A pequena brincava na calçada da avenida Raul Barbosa aqui em Fortaleza, próximo ao parlamento, e o desaparecimento da garota de 4 anos mobilizou a cidade”, destacou. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), investigou e através de denúncia anônima encontrou um corpo da criança. Bastante preocupada com o aumento de casos de violência envolvendo crianças, adolescentes e mulheres, apresentou o projeto de lei para a divulgação no Disque Denúncia Nacional, Disque Denúncia Estadual, Central de Atendimento à Mulher e do Conselho Tutelar Local nas contas mensais dos serviços públicos de abastecimento de água e distribuição de energia elétrica, no âmbito do Estado do Ceará. A parlamentar espera que no Ceará, ao ligar para o 181 – Disque Denúncia Estadual, sua denúncia fique registrada e investigada. Caso a denúncia seja comprovada, imediatamente a polícia será acionada. O número do seu telefone não é identificado, e o governo do Estado lhe garante sigilo absoluto sobre a denúncia. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer município do Estado do Ceará, a qualquer hora, pois o atendimento do 181 funciona durante as 24 horas do dia, todos os dias da semana. “Estamos trabalhando para que consigamos em Plenário a aprovação do nosso projeto e atenção do governador Camilo Santana para sancionar, tornando-o lei”, disse. Assim sendo, deverão as empresas concessionárias que prestam serviços públicos de abastecimento de água e distribuição de energia elétrica, sediadas no Estado do Ceará, veicular, nas contas mensais enviadas ao consumidor, os seguintes telefones: Disque Denúncia Nacional, Disque Denúncia Estadual, Central de Atendimento à Mulher e do Conselho Tutelar Local. Espero que a divulgação do nosso projeto de lei, deverá ser afixada em local de fácil visualização e conterá os seguintes dizeres: Violência contra a mulher e exploração sexual de crianças e adolescentes é crime. Denuncie! Disque denúncia nacional: disque 100 Disque denúncia estadual: disque 181 Central de atendimento à mulher: disque 180 Conselho tutelar local: (telefone do conselho tutelar do município).

 Fonte: Radialista Jonas Mello




Postar um comentário