ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL DO CEARÁ SOFRERÃO 'DESACELERAÇÃO' ~ Blog do Lenno Barbosa Parambu

ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL DO CEARÁ SOFRERÃO 'DESACELERAÇÃO'




Com o lema "Brasil, pátria educadora", o Governo Federal definiu o grande foco da gestão para os próximos quatro anos: a educação. No Ceará, entretanto, 2015 desponta como um ano no qual haverá um menor ritmo de crescimento nessa área, conforme Maurício Holanda, secretário de Educação do Estado. Isso porque o corte de gastos, anunciado na última quarta-feira (7) pelo governador Camilo Santana, irá reduzir em 20% a receita do setor no ano.


Conforme Holanda, a medida irá provocar uma "desaceleração temporária" na expansão das escolas de tempo integral, uma das principais promessas de campanha de Camilo. "Talvez a gente vá ter que diminuir o ritmo que estávamos imaginando fazer da expansão das escolas de tempo integral, mas é uma desaceleração temporária. Não é nem uma estagnação, nem retrocesso, apenas uma redução no ritmo de crescimento", ressalta o secretário.


Em 2015, a Seduc não planeja construir nenhum novo equipamento dessa natureza, mas concluir as 140 escolas prometidas pelo ex-governador e atual ministro da Educação Cid Gomes. "Nosso compromisso continua sendo a de ampliar a educação profissional e de tempo integral para os cearenses. Para 2015, faremos o cumprimento da meta estabelecida pelo ex-governador Cid Gomes, com a conclusão das 140 escolas. Além disso, faremos estudos prospectivos para novas escolas em 2016", afirma Holanda


Diário do Nordeste



Postar um comentário