MORRE EM FORTALEZA O EMPRESÁRIO JAIME AQUINO ~ Blog do Lenno Barbosa Parambu

MORRE EM FORTALEZA O EMPRESÁRIO JAIME AQUINO




O empresário Jaime Tomaz de Aquino, nasceu no dia 26 de março de 1924, na cidade de Jaguaribe /CE. Órfão de pai e mãe aos 15 anos ficou aos cuidados de Dom José Terceiro de Sousa, aquela época vigário de Pereiro, que o matriculou na Escola Apostólica dos Jesuítas em Baturité, onde iniciou seu estudo primário.
Incorporou-se ao Exército onde prestou serviços e foi licenciado como ex-combatente da 10º GAT - 75 MM.
O empresário Jaime Aquino e a sua esposa
Foi caminhoneiro nas estradas do Nordeste e do Brasil, quando, por acaso, descobriu que levar castanhas de caju do Ceará para São Paulo seria um bom negócio, e começou, então a vender sacas de castanha nas confeitarias e fábricas de chocolates. A clientela cresceu, e daí surgiu a idéia da instalação de uma indústria de beneficiamento de castanha de caju. Em 1962 fundou a Companhia Industrial de Óleos do Nordeste-CIONE, da qual era Diretor-Presidente, que gera mais de 7.000 (sete mil) empregos diretos, com uma exportação que atinge a cifra de 14 a 16 milhões de dólares anuais.
Além da industrialização da castanha de caju, desenvolvia o cultivo de cajueiros em uma área de 100.000 hectares em suas fazendas, denominadas: Fazenda Uruanan, Fazenda Pimenteira, Fazenda Jacaju, Fazenda JK I, Fazenda JK II, Fazenda Santos Dumont, Fazenda Tronco do Ipê, no Ceará, Fazenda Planalto, Fazenda Alvorada, Fazenda Esplanada, Fazenda Serra Nova, e Fazenda São Vicente no Piauí. Sendo considerado o maior plantador de cajueiros do mundo.
Exercia cumulativamente as funções de Diretor-Presidente da CICAJU (Cia. Cearense Agro-Industrial do Caju), CAEMA (Cia. Alvorada de Empreendimentos Agrícolas S/A) e BOREASA (Borborema Empreendimentos Agrícolas S/A), que funcionam nas fazendas acima citadas.
Foi agraciado com: Sereia de Ouro, 1980 (Grupo Edson Queiroz); Produtor Modelo, 1980 (Ministério da Agricultura); Medalha da Abolição, 1987 (Governo do Estado); Medalha do Mérito Industrial, 1990 (FIEC).
Faleceu nesta quinta-feira, 16, na capital Fortaleza, aos 91 anos, deixando uma belíssima história de vida, sendo um exemplo vivo da capacidade empreendedora do empresário cearense.
A toda sua família as nossas condolências!



Postar um comentário